Ao sair da igreja...


Oieeeee
Quanto tempo...realmente estou sumida...
Estou passando por um momento com novas prioridades, e confesso que tenho pensado em desistir deste cantinho...mas morro de saudade de vocês e de tudo isso aqui...e então recebo comentários fofos, agradáveis que me impulsionam de volta pra cá e não me deixam desistir...(pausa pro momento carencia...rs)
Eu amo esse cantinho, amo o cantinho de vocês, e amo o assunto casamento, amo o assunto vida de casada, amo tudo o que se relaciona à isso, e é o que gosto de dividir com vocês.
E hoje, quero trazer pra vocês as desvantagens da chuva de arroz, e algumas dicas do que pode substituir, e ainda deixa as fotos lindassss...

Era uma vez o arroz

Veja ideias para substituir a chuva de arroz na saída da igreja e celebrar a união com outros belos efeitos visuais


A origem da chuva de arroz na saída da igreja está ligada à tradição chinesa, em que o cereal simboliza prosperidade e fartura. Mas há alguns pontos negativos: os pequenos grãos ficam presos no cabelo, no vestido da noiva e ainda podem machucar o casal. Para não deixar a saída dos noivos passar em branco, é possível escolher outras “chuvas”, menos arriscadas e até mais românticas. Que o digam as noivas.

Laís Valle, militar, não planejava ter uma chuva de arroz no dia do seu casamento. “Eu sabia que faria muita sujeira”, explica ela. O marido, porém, fazia questão de ser recepcionado com a tradição. Pela quantidade excessiva ou pela força desmedida com que foram arremessados, os grãos de arroz ficaram presos no coque da noiva e grudaram até no batom que Laís usava. O noivo tampouco escapou e ficou com alguns na roupa. “Consegui tirar os grãos mais visíveis. Mas foram quatro horas de festa e eu ainda tinha arroz no corpo“, relembra Laís.




 A analista de sistemas Catarina Venturelli também não queria a chuva com arroz em seu casamento, mas foi surpreendida por familiares. “Fazia muito calor e os grãos ficavam grudando no meu corpo, além de entrarem na minha trança”, conta ela. Carina também temia escorregar, já que o chão ficou escorregadio e ela usava sapatos de salto alto. Resultado: uma fã a menos da tradição.
“Hoje em dia, a chuva de arroz é proibida em grande parte das igrejas”, afirma Fernanda Barreto, assessora de eventos. A sujeira do arroz fica no saguão da igreja e torna-se um desconforto para a noiva seguinte, que pode escorregar, já que o chão fica ainda mais liso. Pétalas de rosas e bolhas de sabão podem deixar a saída dos noivos mais divertida, sem se tornar um incômodo para os demais.



Para cerimônias noturnas em locais fechados, como igrejas e salões, uma recepção com mais brilho e destaque é o indicado. “O sparkler (velas que soltam faíscas) dá um efeito bonito e não faz nenhuma sujeira”, aconselha Fernanda. “Confetes em formato de coração também são ótimos para a noite e ficam bacanas na fotografia de casamento”, acrescenta Kalinka Cope, assessora de casamentos.
Celebrações ao ar livre, como no campo ou na praia, pedem por uma recepção com pétalas de rosas ou bolhas de sabão. “Bolhas de sabão são as mais escolhidas, mesmo em cerimônias noturnas. Mas aí não são tão indicadas”, diz Kalinka Cope. A noiva não precisa se preocupar com manchas na roupa ou chão escorregadio: a quantidade de sabão utilizada nestes produtos é mínima. “As pétalas fazem mais o estilo da noiva clássica”, pontua Fernanda.
Se a noiva ainda assim quiser receber a chuva de arroz, pode testar um formato diferente de grão. “O casal pode escolher o arroz em formato de coração, que é diferente e não incomoda tanto”, afirma Vera Sartori, assessora de eventos. Porém, se a cerimônia acontecer em uma igreja ou salão, não se esqueça de combinar a limpeza do ambiente com alguém responsável pela organização do casamento.


O que acharam???
Um ótimo dia!!!
Bjooo

Fonte: Delas IG


5 comentários:

Fernanda disse...

Oi Jé

Vc esta sumidinha msm viu, sinto sua falta, mas não desista do seu cantinho não, venha quando puder :)

È na igreja q vou casar eles não aceitam que tenha chuva de arroz nem pétalas de rosas pois depois de mim terá outra noiva...
Pensei em usar as bolinhas de sabão para ter um efeito legal nas fotos, mas vamos ver rs!

Beijinhos!

Carla disse...

Jé minha querida, não desista do blog não!
Realmente depois do casamento as prioridades são outras,mas fique aki conosco.
Eu gosto d+ do seu blog e ficarei super triste caso resolva desativá-lo.
Vi somente hoje a postagem que vc fez p mim! Ah como fiquei emocionada! Vc é uma fofa e obrigado por lembrar de mim no dia mais especial da minha vida! São pessoas assim como vc que fazem que eu continue com o blog.
Um bju enorme e estou esperando as atualizações nesse blog heim!

Bjus

Karina Bottura disse...

Jéssica, achei incrível a ideia da chuva de bolinha de sabão. Que lindo! Ótimo feriado a você! Beijos

Mirys + Guigo + Nina disse...

Jé:

Uma loucura essa tradição do arroz, né? Eu tive e gostei! Claro que ficou tudo grudado... mas deu um efeito lindo nas fotos! E, afinal, tradição é tradição, não é mesmo???

Querida, vim te convidar para uma blogagem coletiva muito especial: no dia 30 de maio, sobre o amor! Faz parte da campanha do Diário - "GASTE TEMPO COM QUEM VOCÊ AMA"!

Tá tudo explicadinho aqui: http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com.br/2012/05/dia-da-familia-chegando-diario-da-nina.html

Participa com a gente???

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

Vanna Cabral disse...

Adorei. Uma ideia que acho muito legal é bandeirinhas de fita de cetim coloridas.
Veja: http://arteecasamento.blogspot.com.br/2012/10/10-saidas-da-igreja-inesqueciveis.html